Quando passamos longos períodos de tempo sem nos alimentar, o nosso nível de glícose no sangue começa a descer, o que pode prejudicar o nosso desempenho em termos de concentração e ainda fazer com que o nosso humor fique muito instável.

É também devido a esta queda abrupta de açúcar no sangue que começamos a libertar hormônios que estão associados ao stress, como o cortisol e a adrenalina. Além destas duas substâncias, quando ficamos muito tempo sem comer, o nosso corpo produz o neuropeptídeo Y, que nos faz agir de forma agressiva.

comida

Toda esta alteração química altera o nosso humor de forma que acabamos por nos comportar de forma rude até com quem gostamos. Um estudo realizado com vários casais revelou exatamente isso; quanto menor a taxa de glicose na corrente sanguínea, mais raiva os parceiros sentiam um do outro.

A relação entre a fome o comportamento é tão grande que um estudo realizado há algum tempo revelou que os juízes atribuem sentenças menos piedosas quando está quase na hora do almoço. De acordo com outra investigação, esta mais recente, elaborada por Andreas Glöckner, da Universidade de Hagen, os juízes tendem a resolver os casos mais simples no período da manhã, já que nos casos mais complexos podem tomar mais tempo e atrasar a hora do almoço.

Outras investigações são necessárias para que esse tipo de comportamento seja melhor compreendido, é claro. De qualquer forma, algo é certo: Nunca tomar grandes decisões estômago vazio.

Fonte: New Scientist

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By