O crime do colarinho branco é aquele cometido por alguém que, em função de ocupar uma privilegiada  posição social e económica, a utiliza para de forma ilegal e não violenta obter ganhos pessoais ou corporativos.

O termo surgiu, pela primeira vez, nos anos 1940 quando o criminologista norte-americano Edwin Sutherland o utilizou para qualificar os crimes económicos cometidos por executivos que ocupavam os mais altos cargos das empresas e por políticos.

crime colarinho branco

Entre os principais crimes deste tipo estão a lavagem de dinheiro, violações das leis anti-trust, sonegações fiscais, obstrução da justiça, fraudes fiscais, corrupção, entre outros. Com a evolução nas formas de fazer negócios através da internet, os crimes cometidos através da utilização de computadores e redes de comunicação de dados, fraudes nos planos de saúde e violações da propriedade intelectual também tornaram-se frequentes crimes do colarinho branco.

O conluio entre empresas para fixar preços e dividir mercados (cartel) e fraudes em obras públicas estão também entre os crimes de colarinho branco mais comuns.

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By