Há quase dois milénios, a cidade italiana de Pompeia foi completamente destruída durante a erupção do vulcão Vesúvio. O local foi esquecido após o fim do Império Romano e redescoberto apenas 1600 anos depois, durante escavações de um canal subterrâneo. É devido a isso que sabemos muito pouco, atualmente, sobre a vida no local antes da destruição, algo que um grupo de investigadores quer mudar com a ajudar da tecnologia.

Liderados pela arqueóloga Anne-Marie Leander Touati, a equipa criou uma versão 3D completa da casa de um banqueiro rico da cidade chamado Caecilius lucundus. forma dos anos a visitar e estudar o que restou do local até que tudo pudesse ser transformado num modelo virtual.

Para recriar Pompeia do ano 79, os investigadores tiveram auxílio de um drone, que sobrevoou com um scanner o local onde antigamente ficava um dos centros comerciais mais importantes da cidade. Os detalhes, no entanto, têm um conjunto de fontes diferentes.

Enquanto alguns elementos da decoração foram encontrados no local e restaurados, muita coisa foi completamente destruída e só pode ser especulada pelos arqueólogos com base nos estudos sobre a sociedade italiana da época.

A casa do banqueiro é apenas o primeiro passo do projeto – reconstruir toda a cidade de Pompeia e disponibilizá-la ao público -, que pretende continuara reconstrução virtual de Pompeia.

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By