Está à procura de formas para adicionar anos à sua vida sem que seja necessário abdicar de todas as suas comidas favoritas? O melhor remédio, dizem os especialistas, é sentar-se e ler um bom livro. Um novo estudo, revela que ler durante um período mínimo de 30 minutos por dia poderá estar associado a uma vida mais longa.

O estudo foi conduzido por investigadores da Universidade de Yale de Saúde Pública, que queriam tentar entender se existia algum benefício que se poderia extraír através de uma boa leitura. Afinal de contas, sabemos que ler pode ser muito benéfico para a mente, pois alimenta a atividade neuronal no nosso cérebro, para já não mencionar do enorme incremento associado à saúde mental. Mas, os investigadores queriam saber se tais benefícios se traduziam numa melhor saúde física.

ler um livro

A equipa utilizou dados recolhidos de 3,635 pessoas com idade superior a 50 anos que participavam estudo nacional sobre a saúde. Cada um dos participantes tinham que responder a várias questões associadas aos seus hábitos literários, e os investigadores compararam a informação recolhida ao seu historial de sua saúde física.

Os investigadores repartiram o grupo em três sub-grupos: aqueles que não liam regularmente, aqueles que liam algum livro três horas e meia por semana (cerca de 30 minutos por dia) e aqueles que liam mais de três horas e meia por semana.

O resultado? Os investigadores descobriram que quanto mais uma pessoa lia, mais probabilidades tinha de viver uma longa vida.

O leitor provavelmente estará a pensar no mesmo que nós: alguém que tem tempo para ler tantas horas por semana significa que, provavelmente, possui menos stress, mais possibilidades financeiras, entre outros factores do que alguém que trabalha várias horas por dia ou possui várias tarefas diárias.

Não se preocupe, os investigadores pensaram nessas variáveis; eles ajustaram as informações recolhidas a factores como a educação, riqueza, capacidades cognitivas e muitas outras variáveis. Ainda assim, a conexão entre ler e uma vida mais longa permaneceu.

Os leitores que liam durante um período mínimo de 30 minutos todos os dias tinham 17% menos probabilidade de morrer, ao contrário daqueles que não liam de todo. Aqueles que liam ainda mais do que 30 minutos por dia eram 23% mais prováveis de falecer de velhice. No geral, os leitores viviam mais dois anos do que aqueles que não liam de todo.

Prefere ler as notícias? A ligação entre uma vida longa e ler também se aplica a estes casos que preferem uma literatura informativa, mas não é tão “forte” quanto ler um bom livro.

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By