Pode não ser a mais óbvia das atividades, mas, uma fotógrafa britânica decidiu fotografar os cenários de filmes adultos após as gravações das cenas. Jo Broughton, residente no condado de Essex, começou a tirar as fotos fora do comum em 2001, enquanto estava a estudar no Royal College of Art.

Broughton aceitou um emprego num estúdio de gravação de filmes pornográficos para financiar a sua educação. Depois de um tempo, ela decidiu começar a tirar fotos dos cenários após a equipa de produção e os atores irem para casa.

Jo disse: “Vi os cenários mais diversos que já foram usados na indústria do entretenimento adulto. Eu limpava tudo e sentia-se como se estivesse numa cena de crime”.

1

“Lidar com os fluidos corporais dos atores é inevitável e ​​fez-se analisar outros aspectos da minha própria humanidade. Isso também fez-me perceber a vulnerabilidade dos modelos que executam estas cenas em frente de uma câmera.”

As suas imagens revelam uma visão sobre o mundo da pornografia de um aspecto raramente considerado pelas pessoas. Capta os cenários como foram deixados.

2

A autora fotografou cenários característicos de salas de aula, hospitais e algumas casas abandonadas e em aparência decadente.Curiosamente, algumas imagens mostram salas cheias com balões, presentes de aniversário. Jo acredita que as suas obras têm “uma quietude em contraste com a indústria frenética dos filmes adultos.”3

A fotógrafa admite que às vezes luta pela aceitação do seu trabalho: “Eu escondi a minha associação com a indústria adulta pois sentia-se de certa forma culpada, apesar de não ter feito nada de errado.”

4

“Até hoje eu não posso dizer que estou confortável com a indústria pornográfica, mas agora percebo que existem dois lados da moeda, a luz e a escuridão desse mercado.”

5

Em entrevista postada no seu site, a fotografa explica as cenas que antecederam as fotos que ela tirou: “Os atores arremessam as suas roupas e deixam-nas empilhadas. Além disso, existe sempre um lubrificante no canto do cenário”.

6

“Eu tenho que chegar ao cenário antes das pessoas que trabalham no estúdio, porque normalmente tentam limpar tudo antes que outra cena seja gravada. Há uma espécie de luta entre nós, porque eles ainda estão preocupados com o que as pessoas vão ver e eu suponho que eu estou preocupada com o que as pessoas não vão ver … Não há nada que eu retire dos cenários para registá-los.”

7

O objetivo de Jo é permitir que o público veja o que ela vê, e veja a real face da indústria. “Eu gosto do facto de que há um tijolo a segurar a base do refletor de luz, o ambiente ao redor dos cenários e o outras características que ninguém vê”.

8

“Para mim, é realmente importante ter estes elementos registados pois mostram elementos humanistas e as imperfeições”.

Fonte: Mirror

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By