Para as mulheres, o uso de soutien tornou-se parte da rotina desde a adolescência. Seja para evitar que o peito fique descaído, dores de costas ou outro motivo, usar tecido como apoio para o peito é um hábito que não vem da era moderno. Mas será que faz mesmo diferença?

Existem investigadores que consideram que não.  Jean-Denis Rouillon, da Universidade de Besançon, em França, é um deles. Este investigador realizou uma pesquisa em que concluiu que o uso do soutien não tem influência na forma do peito.

A investigação estudou a evolução do peito de mais de 300 mulheres ao longo de 15 anos, sendo que algumas ficaram sem usar soutien durante um ano.

Rouillon chegou à conclusão de que o uso do soutien pode até impedir que o peito fique mais firme do que sem a sua utilização. Como o peito não precisa de se exercitar para suportar o peso dos seios, não desenvolve tecido para fazê-lo e os seios perdem apoio e firmeza.

No entanto, Rouillon é o primeiro a afirmar que são necessárias mais investigações para confirmar as suas conclusões. A amostra da sua investigação era pequena de mais para poder dar certezas das suas descobertas.

Sobretudo para mulheres com um peito mais pesado, o soutien pode ser um elemento fundamental, sobretudo na prática de exercício físico. Nesses momentos, o movimento nos seios pode provocar tensão na pele e dores de costas. Existem até referências à prática de desporto no século III, em que as mulheres são representadas com tecidos em volta do peito para impedir o movimento desconfortável.

Mesmo relatos de que o uso de soutien aumenta a probabilidade de cancro de mama não foram confirmados. Nunca foi estabelecida uma relação científica entre as duas variáveis.

A verdade é que o uso do soutien não tem nenhum malefício para a saúde. O conselho de médicos e cientistas é que seja a mulher a decidir como fica mais confortável, tendo em conta as suas necessidades; se isso implicar não usar, não terá mais ou menos problemas.

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By