A Waste Isolation Pilot Plant (WIPP) é um repositório subterrâneo localizado perto de Carlsbad, no Novo México – Estados Unidos. Lá, estão armazenadas grandes quantidades de lixo radioativo. O departamento recebe lixo desde 1999, e deverá receber até 2070, quando será completamente selado.

O problema é que todo o lixo armazenado no WIPP será perigoso durante 10 mil anos, e a humanidade tem a obrigação de alertar a população do futuro que o departamento abriga produtos perigosos, e que o local deve ser evitado. Mas isso não é tão fácil quanto parece. Nós, em 2015, já temos grande dificuldade em interpretar linguagens de algumas centenas de anos. Talvez, daqui 10 mil anos, as nossas línguas atuais não signifiquem absolutamente nada.

uranio

Por isso, quando o WIPP estava a ser construído, um grande painel de cientistas, antropólogos, linguistas e roteiristas de ficção científica foram contratados para pensar em ideias de como assustar as gerações do futuro. As ideias foram variadas, mas a que acabou por ser adoptada foi a de construir uma grande parte de terra apiloada ao redor do departamento, com 30 metros de largura e 10 metros de altura, e foi designada para ter o máximo de resistência contra a erosão.

Mensagens alertando para o perigo do lixo radioativo serão escritas em sete línguas diferentes, uma construção sem telhado será construída logo acima do repositório, apresentando uma grande quantidade de textos de alerta e pictogramas.

Além disso, a WIPP está a criar uma série de documentos que tratem sobre o departamento com o objetivo de explicar a sua utilidade e o conteúdo que ela abriga. Desta forma, a informação deverá ser passada de geração por geração através dos veículos de comunicação que forem sendo criados.

Fonte: KnowledgeNuts

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By