Sabia que já existem cerca de 100 mil implantes elétricos cerebrais ao redor do mundo? Usados para os mais diversos fins (geralmente médicos), estes equipamentos vêm ganhando alguma popularidade em todo o planeta, mas ainda não servem para nos transformar em máquinas mais rápida e nem para fazer com que a internet chegue com mais facilidade à cabeça. Porém é isso que desejam muitos norte-americanos.

De acordo com um estudo publicado pelo instituto Vrge (dos EUA), cerca de 25% dos cidadãos dos Estados Unidos aceitariam a implementação de chips nos seus cérebros — desde que isso fizesse com que permitisse o acesso direto à internet. Os investigadores afirmam que a quantidade mais do que dobrou desde 2008, quando apenas 11% das pessoas respondeu o mesmo.

O estudo ainda vai além e separa homens e mulheres. Assim, 35% deles dizem que fariam os implantes pelos motivos já mencioandos; enquanto 14% das mulheres fariam o mesmo. É claro que ainda não é possível fazer com que nosso cérebro acesse a internet, mas será que algum dia essa possibilidade vai ser uma realidade para os humanos?

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By