Uma empresa sul-coreana anunciou recentemente que está a desenvolver o primeiro SmartWatch (relógio inteligente) em Braille. A empresa, Dot, tem como objetivo desenvolver tecnologias acessíveis para pessoas com deficiência visual. “Até ao momento, se receber uma mensagem no seu iOS, precisará de ouvir a voz da Siri (programa automatizado) a ler o texto, sem nenhum tipo de personalidade”, disse o CEO da startup, Eric Ju Yoon Kim. “Não seria melhor ouvir a sua namorada a ler essa mensagem?”.

dot

A ideia da empresa surgiu após analisar que o mercado para SmartWatches e outros aparelhos semelhantes está a crescer exponencialmente. Além disso, a Dot sensibilizou-se com o facto de que 285 milhões de pessoas por todo o mundo sofrem com impedimentos visuais severos. Destes, 39 milhões são considerados totalmente cegos. Estes dados são da Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com informações da imprensa local, os equipamentos inteligentes com a tecnologia Braille custam pelo menos 3 mil dólares – valor que a empresa quer baixar para 300 dólares. Além disso, ainda não existe no mercado um relógio inteligente desenvolvido para cegos.

Os caracteres em Braille são atualizados conforme o usuário utiliza o relógio, podendo ser alterada a velocidade de atualização, para se adequar ao seu estilo. O SmartWatch ainda poderá ser conectado via Bluetooth com outro aparelho normal, traduzindo tudo o que for encontrado para o Braille.

O projeto foi testado na Coreia do Sul, e a empresa planea ter 10 mil exemplares do produto até o final de 2015. “90% das pessoas com deficiência visual tornam-se cegas após o nascimento, e até ao momento não há nada a fazer. Simplesmente perdem total acesso à informação”, conclui Kim.

 

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By