Alguma vez se perguntou o que haverá por dentro de uma bolsa de um canguru? Ora então, esta foi a pergunta feita por Destin Sandlin, autor do canal de Youtube SmarterEveryDay, que viajou até à Austrália para descobrir mais sobre estes animais, e gravar o interior da bolsa marsupial de um canguru.

bebe_canguru_01

As bolsas de cangurus são conhecidas por albergarem a cria durante vários meses. A cria nasce com cerca de um centímetro, e é nessa bolsa que irá desenvolver-se e ser amamentada através dos quatro mamilos presentes, local onde ficará entre seis a nove meses. A partir daí, a cria pode sair várias vezes, mas regressa para se proteger e alimentar.

Como Sandlin pôde descobrir no vídeo, só as fêmeas têm estas bolsas, que têm um aspeto diferente aquele que seria esperado.

“Tem pontos brancos e pretos na parte de trás. É pequena e flexível… Sempre pensei que fosse como um bolso”, diz Sandlin depois de conseguir gravar o interior da bolsa.

De facto, encontra-la demonstrou ser uma tarefa mais complicada do que o esperado, pois a bolsa está escondida entre o pelo da fêmea. Se bem que muitas vezes são retratados como saliências na barriga, as bolsas são pequenas o suficiente para que a cria se sinta confortável quando lá dentro.

Foi necessária mais do que uma tentativa. A primeira não foi bem-sucedida pois tratava-se de um macho, que não têm bolsas.

As visitas foram feitas em reservas australianas, país de onde os cangurus são maioritariamente naturais. A visita incluiu um orfanato para cangurus, onde as bolsas das mães são substituídas pelos cuidados de humanos.

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By