Alguma vez parou para pensar no que poderia acontecer caso a Terra, de repente parasse de girar? Bem, alguém pensou nessa questão, e enviou a pergunta aos editores do site Ask a Mathematician/Ask a Physicist, que gentilmente pensou em algumas possibilidades e publicou uma interessante resposta.

Se a Terra parasse abruptamente de girar, a humanidade e toda a vida que compõe o planeta estaria em apuros. Basicamente, segundo o site, nos polos não aconteceria muitos estragos, mas quanto mais próximo da Linha do Equador, maior seria a mudança de velocidade. Nessa região do planeta, tudo e todo o mundo começaria a mover-se para o leste a mais de 1.600 km/h (ou a 1,4 mach).

Além disso, todas as massas de terra próximas à Linha do Equador seriam varridas pelas águas dos oceanos, que passariam sobre estas destruindo tudo o que encontrassem pelo caminho. Mas, deixando o cenário trágico de lado, a força inercial centrífuga — gerada pela rotação da Terra — combinada com a gravidade, como é que influenciaria as pessoas e o tudo o que existe na superfície do planeta?

Mais leve ou mais pesado?

Apesar de a força centrífuga, resultante do movimento de rotação não exercer influência direta sobre a gravidade, esta pode desequilibrar um pouco as coisas. Caso não saiba, na Linha do Equador os objetos pesam um pouquinho menos do que nos polos (exatamente 0,35% menos), e também é lá que a força centrífuga é mais forte. Por outras palavras, tudo seria um pouco mais leve.

Considerando (hipoteticamente) que a Terra é perfeitamente redonda e que não possui nenhuma inclinação, a força centrífuga apontaria para o sentido oposto do eixo do nosso planeta, enquanto a gravidade, ao contrário, apontaria sempre para o centro. A partir disso, podemos assumir que, em algum ponto entre os polos — onde a força centrífuga seria igual a zero — e a Linha do Equador, existiria um ponto no qual essa força apontaria mais para a lateral.

Mundo inclinado


Curiosamente, esse ponto encontra-se nas latitudes 45° norte e sul da Terra, e é justamente a essas latitudes que se encontra a Europa, por exemplo. Assim, se o nosso planeta parasse de girar, todos os edifícios abrangidos por essas latitudes teriam que ser construídos ligeiramente inclinados. Quanto à Torre de Pisa? Bem, sentimos informar que, infelizmente, ela está inclinada para o lado errado.

Em relação à superfície do nosso planeta, depois da brusca paragem, a força centrífuga deixaria de existir, deixando-nos apenas à mercê da força da gravidade. Assim, com o tempo, a sua ação tornaria a Terra ainda mais redonda, e eventualmente o nosso planeta passaria a apresentar um formato perfeitamente esférico.

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By