Todos nós sabemos que usar os nossos dispositivos eletrónicos antes de dormir não é o ideal para uma boa noite de sono, no entanto isso não nos convence muito visto que o fazemos de qualquer maneira. Mas agora uma equipa da Business Insider investigou o que esse comportamento ou hábito está a fazer com o nosso cérebro e corpo.

O problema advém do fato de que o seu ritmo circadiano, que determina quando o corpo liberta hormonas, é controlado pela exposição à luz, como o psiquiatra Dan Siegel, da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, explica. Então, quando utiliza o seu telefone durante a noite antes de dormir, é enviado um fluxo de fotões para os olhos que dizem ao cérebro para não secretar melatonina – hormona responsável pelo cansaço e sonolência.

electronics-at-night

Isto significa que ficará acordado por mais tempo, o que faz com que use novamente os dispositivos móveis, e nesse processo podem passar-se várias horas do seu tão desejado sono. Isto piora quando, o leitor tem que acordar para o trabalho ou escola no dia seguinte. Fazendo isso de forma consistente, estará a perder algumas horas de sono todas as noites.

Os investigadores estão apenas a começar a entender porque que o sono é tão importante. Não só ter entre 7 e 9 horas de sono por noite permite que os nossos neurónios ativos descansem, como também ativa as células gliais, que são cruciais para limpar as neurotoxinas que se acumulam no cérebro ao longo do dia. Quando não dormimos o suficiente, estas células gliais não podem fazer o seu trabalho, e vamos acabar com perda de memória e falta de atenção.

 

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By