É comum associar-mos a gordura a algumas comidas deliciosas, como batatas fritas, por exemplo. No entanto, alguns cientistas estão prestes a mudar a realidade do sabor fantástico da gordura. Alguns descobriram que a gordura, na sua forma bruta, é muito repelente. Além do mais, querem adicionar o sabor da gordura aos sentidos oficiais do paladar humano.

Atualmente, estes incluem: doce, salgado, amargo e azedo. A nova adição, se for oficialmente adicionada à mistura, seria chamada oleogustus. Esta é uma palavra de grande sonoridade latina que significa “gosto de gordura.” Para um novo sabor integrar a lista de gostos, ele deve ter uma assinatura química única que ativa os receptores específicos na nossa língua. Desta forma, podemos distingui-lo das outras sensações gustativas.

gordura

Investigadores da Universidade de Purdue, EUA, testaram como é o sabor do oleogustus num teste de gosto contendo 28 provadores. O estudo começou com 54 pessoas, mas a equipa decidiu focar em 28 que mostraram melhor capacidade de degustação. Os cientistas, deram aos voluntários uma mistura de ácidos gordurosos com composições diferentes para ver se o oleogustus era exclusivamente distinguível. Os resultados foram publicados na revista Chemical Senses.

Descobriu-se que mais da metade dos voluntários conseguiram distinguir o ácido gorduroso a partir de outros sabores. Eles comentaram que a sensação da gordura na sua boca era distinta, e mesmo que esta textura distinta fosse removida, o sabor de gordura ainda estava claro.

Richard Mattes, o autor do estudo da Universidade de Purdue, descreveu o sabor: “A parte do ácido gorduroso em si é muito desagradável.”

Mattes comentou que abundância em oleogustus pode indicar que a comida irá fazer-nos mal ou que não é boa para nós.

“Gosto de gordura em si não é agradável. Quando as concentrações de ácidos gordurosos são ricas num alimento este é normalmente rejeitado. Neste caso, a sensação de gosto de gordura é um aviso para não comermos o produto. Ao mesmo tempo, baixas concentrações de ácidos gordurosos podem aumentar a agradabilidade de alimentos como o chocolate, café e vinho.”

Mais testes terão de ser feitos antes do oleogustus puder juntar-se oficialmente à família dos gostos, mas esses resultados poderiam ser o primeiro passo para a gordura ser reconhecida como um gosto exclusivo.

 

Comentários

You need to login or register to bookmark/favorite this content.

Bookmarked By